A escrava se rende

14 ago 2010 | By

A escrava se rende

Manda ser teu desejo.
Deixa-me ser teu prazer.
Deixa-me ser tua necessidade.
Vou te adorar,
Amar,
como una adita.
Diz tudo,
sem ocultar detalhe,


o que você vê,
o que gostas
o que tocas,
Diz tudo.
Confessa teus pecados,
podemos descobrir juntos,

A malicia do desejo e do prazer
e adentrar nas sombras.
Coloca
um lenço
nos meus olhos.
Para que meu mundo
seja tua mão.
Para que nada exista
além de você e eu,
e deste momento.
Diz que sou
suficiente para você.
Que posso ser teu mundo,
que podes ser o meu.
Explora-me.
Viaja através de mim.
Da minha mente.
Dos meus pensamentos
obscuros e profundos.
És minha rendição,
toma o que necessites.
Vem a mim.
Diz onde queres ir.
Diz o que desejas.

Manda ser teu desejo.

E cumpro com prazer

De ser tua escrava.

Autor:katine

Edição :by Rebeka Lecktar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: