Amuletos & Talismãs

22 jun 2010 | By

Amuletos & Talismãs

Desde os tempos remotos que os homens usam amuletos, talismãs e feitiços para atrair a boa sorte e se proteger do mal. Um simples pedaço de madeira, uma pedra polida pela água ou um fragmento de cristal era o que bastava para que nossos antepassados se sentissem protegidos.

Os talismãs podem ser objetos naturais (animais, vegetais ou minerais) ou fabricados pelo homem, com a reprodução ou cópia dos objetos que representam, em materiais nobres como o marfim, a prata, o ouro, ou mesmo materiais vulgares, como o granito, o quartzo e metais como o ferro, cobre, estanho ou alumínio. Pedaços de plantas, cascas de árvores, minerais ou pedras preciosas, lapidados ou em bruto, partes de animais (garras, dentes, ossos, peles, etc.) porque, por analogia, representam a totalidade do objeto a que pertencem, conferem a quem os usa as características e propriedades dos objetos inteiros.

Apesar de as pessoas dizerem que não acreditam nos poderes mágicos dos amuletos, a verdade é que todo mundo os usa, muitas vezes sem saber o verdadeiro significado. Por isso, e por que eles continuam a ser um suporte para para a criação de uma segurança interior, de confiança e capacidade de enfrentar os males que não sabem de onde provêm, vamos indicar alguns desses amuletos, usados em todos os meios sociais, desde os mais sofisticados e evoluídos até os mais rudimentares e primitivos.

ANIMAIS QUE DÃO SORTE

Borboleta: Como aborboleta é produto de uma transformação das lagartas dentro dos casulos, tem sido considerada símbolo da imortalidade, através do ciclo contínuo, base da grande parte do ocultismo e que se resume na dualidade: morte e renascimento. Usa-se como amuleto no casamento, para conseguir felicidade conjugal e harmonia doméstica.

Joaninha: Se uma joaninha lhe pousar na mão é sinal de felicidade, sobretudo se tiver tempo para contar até 22 antes de levantar vôo. O número de pintas que a joaninha tiver são os meses de felicidade garantida.

Grilo: Se considera o canto dos grilos muito estridente e incomodativo, mas vale saber que dentro da casa significa harmonia no lar.

Tartaruga: Viva num aquário ou em forma de bibelô de vidro, a tartaruga é um talismã muito antigo que continua sendo muito precioso. Este animal é tido desde a Grécia Antiga como protetor contra bruxarias e venenos.

Pentagrama:Usado desde a antiguidade como símbolo para prática de bruxarias e um dos mais poderosos talismãs. Descobriu-se que o pentagrama com a ponta superior voltada para cima tem a função de proteger de qualquer mal a pessoa que o possui. Já o pentagrama com sua ponta superior voltada para baixo tem seu desempenho voltado para o mal.

FLORES E PLANTAS

Alho: Na Idade Média acreditava-se que afastava os vampiros e, muito antes dessa época, já os egípcios os utilizavam, porque o seu odor forte repelia as serpentes. Hoje, reconhecem-se as suas propriedades como desinfectante e antibiótico. Ainda assim, é comum encontrarem-se pessoas que carregam um dente de alho no bolso como um amuleto, para afastar o mau olhado.

Rosa:Os poetas têm esta flor como símbolo de beleza frágil e efêmera. As mulheres que querem engravidar devem colocar pétalas de rosa vermelha num saquinho e pendurá-lo num pescoço. Oferecer uma rosa é prova de amor, mas há mulheres que consideram os espinhos podem “cortar”as relações.

Trevo: É o mais popular e um dos mais antigos amuletos. Se conseguir encontrar um trevo de quatro folhas, terá sucesso, amor, e saúde. Cada uma das folhas tem uma virtude, a primeira para a glória; a segunda, para a fortuna; a terceira, para o amor fiel; a quarta, para a saúde. É fundamental que seja você a encontrar o seu trevo por mero acaso. Então, deve secá-lo entre as páginas de um livro.

Louro: Esta planta era consagrada ao deus Apolo na Grécia Antiga e dada aos vencedores. Sempre verde, mesmo em pleno inverno, esta planta seca sem deteriorar e dá um aroma agradável. Um ramo do louro pendurado em casa impede a entrada de doenças.

PRECIOSIDADES PROTETORAS

Objetos em ouro: O ouro sempre foi considerado o mais perfeito dos metais. Hoje, considera-se que objetos de ouro dão felicidade.Mas atenção: as mulheres prestes a dar à luz não devem usar ouro.

Anéis e colares: O anel é um símbolo de união. Um colar de ouro é um bom talismã, mas também um símbolo de possessão. É por isso que a mulher nunca deve aceitar um colar de um homem que não ama.

Pérolas: É um talismã feminino por excelência, uma vez que ligado à Lua e aos mistérios da fecundidade.

ATENÇÃO: nunca deve ser oferecida a quem se ama antes do casamento, porque a sua forma é prenúncio de lágrimas. Entre os orientais, tem virtudes afrodisíacas, sendo a azul um remédio infalível contra o mau olhado. Deve trazer sempre uma pérola no bolso.

OUTROS TALISMÃS

Amêndoa: Como amuleto, usa-se para conseguir felicidade conjugal, reconhecimento e aprovação de idéias secretas, devendo utilizar-se quando se pretende iniciar novos empreendimentos de caráter material, financeiros ou econômicos. Reconhecimento e aprovação. Útil para novos empreendimentos.

Selo de Salomão (estrela de seis pontas): É um dos talismãs mais antigos. Esta estrela de seis ramificações encerra no seu desenho o Universo inteiro: os quatro elementos, os planetas, os metais e o nome da divindade.

Cruz da vida (Ankh):

A cruz de Ankh surgiu no Egito Antigo e era usada com intuito de proteger os faraós (depois de mortos) de qualquer invasão à suas tumbas; e acreditavam também que a cruz de Ankh os traziam a imortalidade. Hoje, ainda é usada com o intuito de proteger e viver em função da natureza; ou seja: “Da natureza viemos. Pra natureza voltaremos.”

Cruz: A cruz adaptada como símbolo de sua religião e na fé de Cristo, já num período mais recente de do Cristianismo, foi, desde as primeiras manifestações religiosas do Homem, considerada como símbolo da conjugação do que está em cima (representado pela linha vertical), com que está em baixo (representado pela linha horizontal). Daí que, no seu cruzamento, existe um ponto que representa o homem, ou, para os cristãos, Deus feito homem. Mas a cruz, em suas diferentes formas, simbolizou a união dos opostos, sendo capaz de proteger de quase tudo, como amuleto.

Cada um acredita na quilo que lhe mais te dar proteção, se você é mistica ou esotérica e gosta  de amuletos e talismãs,esta bem aqui tudo o que você precisa saber sobre ele, tenha uma sorte eterna…

Um comentário em “Amuletos & Talismãs

  1. Elvira SLNo Gravatar disse:

    Postagem atualizada, a imagem que continha estava off, a removi e corrigi pequenos erros ortográficos ;)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: