Dez (10) Curisidades sobre Vampiros.

27 set 2010 | By

1-Quais são os principais poderes dos vampiros?

Para começar, essas criaturas possuem uma força descomunal. Isso faz com que eles enfrentem qualquer ser sem medo. Mas, quando se sentem acuados, os vampiros podem sumir em forma de névoa e se transformar em animais da noite, como ratos, lobos ou morcegos.

Eles também sabem controlar as forças da natureza, criando tempestades e fortes ventanias- o que é útil para atrapalhar a vida dos caça-vampiros. No plano mental, os vampiros são extremamente sedutores e podem hipnotizar e ler os pensamentos de suas vítimas. Também usam esse dom para controlar seus servos-vampiros.

2-Quais são os seus maiores pontos fracos?

A vulnerabilidade a luz solar é, sem dúvida, o principal ponto fraco de um vampiro. O seu poder cessa com o raiar do dia. A luz do sol tem sobre o corpo desses mortos-vivos o efeito de um ácido, corroendo-o por completo ate a morte. O curioso é que, na literatura do século 19, os vampiros se movimentavam livremente durante o dia. Os estudiosos acreditam que sua natureza notívaga se acentuou com o filme mudo Nosferatu,de 1922.

Outro ponto fraco é a aversão a símbolos sagrados do cristianismo, como a cruz, a água benta e a hóstia consagrada. Eles também não conseguem cruzar rios nem entrar em igrejas ou templos religiosos.

3-De onde vem a força descomunal deles?

Dos seus músculos e esqueletos, que tem uma constituição bem diferente da nossa. Nos vampiros, cerca de 90% dos músculos são constituídos de fibras que permitem explosões máximas de força e movimento-contra 50% em nós, humanos.

Seus tendões, ligamentos e ossos também são mais fortes e robustos, pois só assim  conseguem suportar tamanha explosões muscular, algo indispensável para seres que vivem da caça. Numa comparação com o reino animal os vampiros teriam a velocidade a agilidade dos guepardos, o animal mais rápido do planeta- e a força dos ursos.

O curioso é que os vampiros nem sempre foram tão fortes. Houve um tempo em que eles eram desprovidos de força sobre-humana e só atacavam crianças e velhos e pessoas desabilitadas.

Foi a visão moderna sobre essas criaturas que as classificou como arrogantes e imbatíveis, que fez com que passassem a ser dotados de ossos e músculos pra La de fortes.

4-É verdade que vampiros não envelhecem?

Não.

Os males da idade também chegam para eles. Mas de forma diferente.Primeiro, porque os dentuços são muito mais longevos do que nos- não por causa de um suposto pacto com o diabo, como muitos acham, mas por causa próprias de seu DNA, que previne e evita os danos que ocorrem  durante a divisão celular e causam o envelhecimento humano. Por isso, eles envelhecem muito mais lentamente, embora sua aparência sofra drásticas transformações. Com o tempo, os depósitos de gordura de seu corpo definem e eles ficam cada vez mais magros.

Durante a velhice, também pintam uma pronunciada corcunda, resultado da curvatura da espinha dorsal. Mas, como a maioria dos vampiros é destruída por caçadores, poucos tem a chance de envelhecer ate a morte.

5-Por que vampiros são tão “Pegadores”?

Por causa de sua vibrante e incontida energia sexual. Isso fica claro,por exemplo, quando Jonathan Harker, no livro Drácula, de Bram Stoker, encontra-se com 3 noivas do vampiro que moram no castelo do Conde Drácula. Atraído, o jovem se envolve sexualmente com elas.

A fama de “ pegador” provavelmente tem origem na tradição vampírica do Leste Europeu. Os ciganos daquela região e os russos consideravam os vampiros entidades sexuais. Há relatos de que corpos desenterrados de supostos vampiros apresentavam uma vistosa ereção. Segundo o vampirólogo J. Gordon Melton, histórias contadas por ciganos revelam q a primeira vítima se tornava sua rainha e viúva (ele já era um ser morto), com quem mantinham intensa relação sexual.

Em alguns casos, as “visitas íntimas” continuavam por um bom tempo. Caso a mulher engravidasse (o que contraria totalmente a história,porque vampiros não podem ter filhos) a criança seria um dhampir, um ser dotado de poderes sobrenaturais para identificar a presença de vampiros na comunidade e destruí-los.

6-Como é o sistema nervoso de um vampiro?

Anatomicamente é bem parecido com o dos humanos- por isso, traumas na coluna e pancadas fortes na cabeça podem trazer sérias conseqüências. Mas, quando a pessoa vira um vampiro, rolam várias mudanças em sua química cerebral e na produção de neurotransmissores. Os mortos-vivos possuem quantidade quase desprezível de seratonina, um neurotransmissor com funções calmantes sedativas e ligado ao humor. Isso explica aquele jeitão sempre agitado, pronto para dar o bote.

Outra diferença está na produção de dopamina, substância relacionada à sensação de bem-estar. Nos vampiros, ela é liberada em grande quantidade quando estão sugando grande quantidade quando estão sugando o pescoço de alguém, o que os faz se sentir meio “ chapados “ durante o chupa-chupa.

7-Eles também tem adrenalina no sangue?

Sim. E em quantidade bem maiores que humanos. A adrenalina, como se sabe, é um hormônio que atua diretamente sobre o sistema nervoso.

Produzida pela glândula suprarrenais, dispara nosso sentido de alerta, acelerando o batimento do coração, deixando a respiração mais ofegante e dilatando nossas pupilas. Sua produção aumenta quando tomamos um susto ou estamos em perigo. Assim o corpo imediatamente se prepara para realizar um imenso esforço físico (lutar, correr etc)

Já no sangue dos vampiros, a adrenalina é encontrada sempre em doses cavalares. Isto aliado às características incomuns de seus músculos, ossos e tendões, explica a extraordinária força, velocidade e agressividade dessas criaturas sobrenaturais.

8-Como se consegue identificar um vampiro?

Não é tão difícil, mas pode ser bem perigoso. Pra começar, sua pele é muito pálida e seu olhar profundo, sedutor e maligno. A temperatura de seu corpo é 16°C e sua imagem não reflete em espelhos.

Alem disso, as criaturas não possuem sombra e nem saem em fotografias. Não suportam cruzes, rosários, água benta, ou alho e são completamente vulneráveis à luz do Sol. Também podem sumir, deixando névoas no local e nunca bebem vinho e nem comem nada, pois se alimentam de sangue.

De acordo com algumas tradições, vampiros só podem entrar numa casa se forem convidados por um de seus moradores.

Bom se tudo isso falhar, fique de olho nos caninos do danado!

9-Eles ouvem, farejam e vêem melhor do que nós?

Com certeza. Os vampiros tem o dobro de células sensoriais nos ouvidos e nas narinas. Assim, percebem a presença de uma pessoa a centenas de metros, mesmo que ela não esteja no seu campo de visão.

Devido ao seu olfato apurado, se alguém estiver sangrando, ele o identificará a uma distância ainda maior, como tubarões fazem no mar.

Por serem criaturas da noite, suas pupilas são hiperdilatadas e garantem uma visão extraordinária, comparada à de lobos. Isso explica porque os vampiros não enxergam na claridade.

Outra curiosidade: os olhos dos vampiros sofrem de uma inflamação na esclera (parte branca) que a deixa sempre avermelhada, conferindo-lhes uma aparência assustadora.

10-Jogar sementes no chão protege dos vampiros?

Sim. Segundo o folclore do leste Europeu, em função de seu comportamento obsessivo, os vampiros param param o ataque para contar uma a uma as sementes.

Por isso, um meio de se proteger dessas criaturas era espalhar sementes no chão, no topo do túmulo do vampiro ou do lado de fora das casas.

Melhor ainda se, junto das sementes, fossem deixada uma unha, pois quando o danado encontrasse recomeçaria a contagem do Zero.

E, se a tarefa durasse bastante tempo, a estratégia seria ainda mais bem-sucedida, pois o dia amanheceria e os raios do Sol dizimariam o morto-vivo rapidamente. (hahahaha tem que ter miolo de morcego mesmo kkkkkkkkkkk)

Extraído do livro: Edição especial Vampiros (Mundo estranho. Editora Abril)

Assinado pelos repórteres: Yuri Vasconcelos, Eduardo Nasi e Jeanne Callegari

Editado por Rick Reymond para Black Angel.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: