Enganos sobre Gor

31 jul 2010 | By

Duas visões erradas sobre Gor que andaram circulando por ai…

1- As escravas goreanas servem a todos os Masters.

Não. Não é assim. Cada Master tem suas escravas e essas O servem. O que existe é um respeito muito grande da kajira para todos os Masters Goreanos, afinal, se uma escrava trata mal a um Master qualquer, eh como se o Master dela a estivesse maltratando. Masters educam suas kajiras para Os representarem também… e para serem sempre agradáveis. E esse é o desejo da kajira. Nos livros, quando a kajira falha em sua submissão e educação, essa trás desonra para seu Master e sua Homestone. Existem em Gor diferentes tipos de escravas. Entre eles existem as escravas de tavernas. Já essas não são kajiras pessoais de um Dono, e sim, servem a todos, porém, nos grupos reais esse tipo de kajira é extremamente raro. Não serve como regra geral.

2- Gor é machista

Não. Não é. Gor excede os conceitos de machismo e feminismo. É a filosofia da essência. Se me mandassem explicar a filosofia de Gor em uma só frase eu diria “Seja quem voce é!”. Se um homem tem poder e essência de dominador, esse o será. Se uma kajira quiser e conseguir escapar do domínio do Master, essa pode tentar viver como livre pelo tempo que conseguir. O que acontece, é que a realização plena esta na união Master e kajira. Nenhum é completo sem o outro. Um Master é em geral muito protetor. Os Homens Goreanos, por não precisarem se provar, são seres bastante emocionais, e não tem vergonha de demonstrar esse lado (isso é explicado em Tarnsman of Gor).

Machismo desvaloriza a mulher. Gor entende a beleza e o valor da feminilidade. Uma mulher, para ser valorizada não precisa ocupar a posição de dominadora. Ela pode ser completa, ter um invejável desenvolvimento cultural e intelectual, desempenhar bem seus papeis na sociedade, sem ter que se tornar um ser assexuado. kajiras são em geral muito bem resolvidas em sua entrega. É gostoso poder ser quem se é…

Autora: tavi{CS}
Postagem: Rick Reymond

13 comentários em “Enganos sobre Gor

  1. Elvira SLNo Gravatar disse:

    É machista sim e ponto final.
    Pois eu NÃO posso ser quem EU SOU.

  2. RickReymondNo Gravatar disse:

    Existem escolhas para todos.
    E cada pessoa se encaixa onde acha que seus desejos mais intímos podem ir.
    Vc escolheu o mundo BDSM e o instinto natural masculino é GOR.

  3. Elvira SLNo Gravatar disse:

    Claro que escolhi o BDSM, da mesma forma que nunca escolheria a Maçonaria.

  4. RickReymondNo Gravatar disse:

    Da mesma forma que criaria o clube da LULUZINHA hehehhe

  5. Elvira SLNo Gravatar disse:

    Querer ter direitos iguais não é ser feminista.

  6. Elvira SLNo Gravatar disse:

    Eiiii, vc tem que criar a categoria “Gor”, pois é contraditório classificar Gor como BDSM… ¬¬

  7. Elvira SLNo Gravatar disse:

    Então edita as postagens goreanas na categoria certa ^^

  8. RickReymondNo Gravatar disse:

    Si é! Direitos iguais é feminista!

    O Feminismo é um discurso intelectual, filosófico e político que tem como meta direitos equânimes e uma vivência humana liberta de padrões opressores baseados em normas de gênero. Envolve diversos movimentos, teorias e filosofias advogando pela igualdade para homens e mulheres e a campanha pelos direitos das mulheres e seus interesses.

    Feminina=Delicada sensível e inteligente ou loira hehehe
    Masculino=Rude, inteligente, racional, dominante, “dono do pedaço”, Senhor dos senhores, comandante, infinitos etc, etc…
    Feminista= Quer deixar de ser feminina e imitar o HOMEM

    Resultado disso:
    Mulher= homem = Feminista= IMPOSSÍVEL

  9. Elvira SLNo Gravatar disse:

    Por isso prefiro BDSM, lá eu posso ser quem EU SOU… DOMINANTE! (Domme)

  10. RickReymondNo Gravatar disse:

    sei…
    E manda-lhe chicotes …
    argssssss
    Vc precisa de um HOMEM
    Que segure suas mãos de verdade!
    Ai sabera q quem manda é ELE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: