Fabula – A Cobra e a Lima.

19 ago 2010 | By

A Cobra e a lima
Conta-se que uma cobra vivia vizinha de uma relojoaria. Um dia ela entrou na oficina atrás de alguma sobra , mas de comida ali, nem cheiro. Nada encontrando para satisfazer a sua fome e, com o apetite redobrado ao ver uma lima, se põe a roe-la.
A lima então lhe diz:
-Que pretendes fazer, pobre infeliz? Não vês que sou feita de aço? E que, antes de me prejudicar, você está prejudicando a si mesma? Não percebes que não terás dentes para usar, e eu continuarei intacta, pois não conseguirás tirar de meu corpo o menor pedaço? A mim nada causa contratempo. Os únicos dentes que podem me afetar são os dentes do tempo!
Esta história se endereça a vós que só sabeis criticar, nada mais. A tudo e a todos mordeis, imprimindo a marca ultrajante de vossos dentes, mesmo sobre as obras-primas.
Será que podeis roer essas “limas”? Não se esqueçam: elas são de aço, bronze e diamante!

Esta fábula é espetacular, pela mensagem, pelo alerta e também por nos ensinar a diferenciar os amigos dos pseudo-amigos  e mais, nos deixa os sentidos em alerta para nos prevenir de todas as formas dos ataques  inimigos.

Pela fábula se deduz que a cobra nem conhecia a lima e começou seu ataque, querendo fulminá-la, mesmo se destroçando continua seu ataque, os inimigos são assim, muitas das vezes armam ciladas mas despreparados como são caem eles próprios em suas armadilhas.

A vantagem de  ter o sexto sentido é justamente este, nos deixar sempre em alerta e preparados para o ataque.

Saber quando, como e quem o desferirá é importantissimo, é fundamental, para nosso bem e nossa sobrevivência.

Alguns usam métodos tipo ” to nem ai”, outros se fingem de morto, outros logo partem para o revide, todas as atitudes são válidas depedendo do carater de quem as toma, mas a lima ensina que deveremos sempre ser uma só coisa, se optar para quente que seja quente sempre, se optar por frio que seja frio sempre, morno jamais.

Autênticidade é outro ensino da lima, ser autêntico em toda forma de luta é fundamental para se sair bem, sem perder pontos, vida, enfim, sair ileso do combate.

Depois resta escolher o lado da luta. Ser do bem, ou ser do mal é se decidir entre a cobra e a lima, escolhido o lado resta escolher as armas e ai…em guarda…touched!

Fonte de pesquisa

Fábulas de La Fontaine .

2 comentários em “Fabula – A Cobra e a Lima.

  1. RickReymondNo Gravatar disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Essa é boa , mas… cuidado pega leve , pq o mundo esta cheio de ervas e as poucas q daõ frutos ja amadurecem podres …kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Alguma exessões , mas todos estao contaminados ,cada um de um modo diferente.
    É a lei da sobrevivencia.

  2. Olá Rick, olha concordo plenamente com vc, infelizmente é isso mesmo que esta acontecendo…
    bjs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: