Introdução ao mundo “Vampírico”

11 jun 2010 | By

As lendas e mitos que giram em torno da figura dos vampiros, aparecem de forma independente e insuspeita no imaginário de diversos povos.

Talvez sua origem seja baseada em um antigo mito de que através do beijo seria possível apoderar-se da vida e da alma de outra pessoa; a exemplo de muitos povos africanos que acreditavam que o beijo era algo diabólico e que a pessoa beijada poderia ter sua alma absorvida se permitisse ser beijada.

Entre os antigos astecas havia essa mesma alusão ao beijo, entretanto o mesmo não era considerado demoníaco, e sim uma forma de canibalização que simbolizava a oferta ritual da pessoa a ser sacrificada aos deuses.

O sangue também tem um forte valor simbólico em diversas culturas: significa vida, paixão, poder, força, e também carrega consigo uma série de tabus e interditos. É difícil afirmar quando surgiram as primeiras histórias, pois aparecem referências desde a Grécia antiga.

Assim presente no folclore de muitas culturas, o vampiro ganhou vida eterna através da literatura a partir do início do século XIX.

Autores como Hoffman e Gogol também contribuíram com o mito. Drácula, de Bram Stoker, que foi editado em 1897 e, desde então, jamais deixou de ser publicado.

2 comentários em “Introdução ao mundo “Vampírico”

  1. RickReymondNo Gravatar disse:

    Beijos haaaa !
    Deixe-me mostrar a voce ,o poder de um suave beijo vampiro ,meu.
    Terei teu sangue , teu corpo em meus braços ,e tua alma em meu poder.
    MHuauaua……

  2. Bom… Tem beijos que tiram até o folego da gente… Por que não a alma… :tongue:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: