Kinect a câmera que reconhece os movimentos

18 dez 2010 | By

Kinect a câmera que reconhece os movimentos

O vídeo de demonstração do game

Seu desenvolvimento utilizou os drivers do Kinect que são open-source, funcionando também no Windows 7.

O driver que permite aos utilizadores ter todo o potencial do perférico no computador pessoal, em Windows, Linux ou MacOS. Este driver é resultado de um prémio oferecido pela adafruit industries. A Microsoft não gostou, mas quando o premio chegou aos 3 mil dólares – aproximadamente 2650 euros – lá viram que o caso era sério e mudaram de opinião. Entretanto já há outras recompensas anunciadas para os melhores jogos e aplicações produzidas para o driver.

Não é certamente um candidato ao premio, mas é divertido ver este tipo a jogar Super Mário “Kinect Style”.
E, se durante a apresentação do Kinect em Lisboa, o representante da Microsoft garantia que a empresa apenas iria permitir o desenvolvimento de jogos (além do chat, que não usa o 3D), ficou no ar que a própria gigante poderá dar outros usos ao aparelho, com referências ao filme Minority Report. Foi a pensar nesse filme que um utilizador criou esta interface.

Alguns resultados ja produzidos

Para os solitários, criaram  o jogo com conteúdo adulto que  usa os movimentos do jogador para interagir com  mocinhas virtuais.

Segundo o site CNet, menos de dois meses após o lançamento mundial do acessório, o primeiro jogo erótico compatível com o Kinect chega ao mercado.

O próprio CNet tinha dado uma nota na qual um especialista dizia que era questão de tempo para que isso acontecesse, dado o potencial da ferramenta e a óbvia popularidade do tema entre os nerds.

O game, produzido pela ThriXXX, é um simulador de sexo em 3D com mulheres seminuas. O gameplay é justamente a interação do player com elas, ao menos de forma virtual, com gestos, comandos de voz ou controle de objetos na cena.

Eu estou impressionado com a rápida reviravolta no desenvolvimento desta plataforma, na obtenção de novos controles que funcionem em uma engine como esta, especialmente quando utilizando recursos da comunidade open-source” – declarou Kyle Machulis, especialista mundial em jogos e brinquedos digitais de cunho erótico.

Por enquanto, o jogo que utiliza programas de código aberto para o desenvolvimento está em fase inicial de testes. De acordo com a produtora, a Microsoft não autorizou oficialmente a venda do jogo, só poderá ser ‘jogado’ em um PC que use o Kinect como câmera.

Colaboração: http://gwenwifer.blogspot.com/

Pesquisa e reportagem: Rick Reymond

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: