Morreria em Suas mãos

03 ago 2010 | By

Ela entra de cabeça baixa, os olhos envergonhados dos gritos, das brigas, ela gostaria de se esquecer de tudo, pois o mundo havia perdido o sentido.. Tirou as roupas e ajoelhou com lágrimas nos olhos ainda sem conseguir olhar o Senhor, teve medo de ser abandonada, de ser privada de sua presença, de perder sua coleira…

Ele olha aquele pedaço de ser humano, o que restou daquela mulher sempre cheia de certeza? Sentia certo orgulho por levá-la até o fundo do poço, por fazer aquela mimada rastejar ao chão, Ele acaba de ter certeza que havia feito um belo trabalho, mesmo que tenha gritado era novamente a escrava humilde suplicando e implorando por um pouco de atenção. Estava a SUA total disposição e ali se colocava por total opção.

Ele não pediu que ela voltasse. Apenas a ignorou.

Ela teve vontade de gritar: – Fala! Me manda embora? Me bate? Mas acabe com esse silêncio infernal… mas se calou.

 

Tudo tem seu tempo, Ele sempre dizia e agora era a hora de esperar.

Ele andou em volta, pensando, pensando, andando, pensando. Ele queria confundi-la, queria penetrar onde jamais outro penetraria, queria entrar dentro dela mais fundo do que ela podia imaginar, e ela estava ali entregando a Ele tudo isso.

Ele colocou as mãos no pescoço frágil, queria sua vida em suas mãos, queria até o ar que ela respirava, queria o controle total sobre tudo (em alguns casos a ambiguidade é possivel)… Continuou ali só que mais forte, ele a deitou no chão, algemou, segurou seu pescoço, seu ar, sua vida e a teve em suas mãos, apertou até que ela sufocasse, naquele momento Ele sabia do seu sofrimento e da sua entrega.

Ela sabia que Ele chegava onde ninguém nunca havia chegado, ela sabe que sua vida estava totalmente em suas mãos, que dependia somente Dele para viver, para respirar, para continuar viva. ela começava a sufocar e só podia contar com a piedade ou com o sadismo do Senhor. era totalmente depende Dele, sua vida dependia, tudo dependia só da vontade Dele. ela morreria feliz nas mãos do Dono. só porque gostaria de ser enterrada usando sua coleira.

Por piedade Ele a deixou continuar a viver e lhe servir.

Autor: {gotika} Dom Draak

5 comentários em “Morreria em Suas mãos

  1. AnaNo Gravatar disse:

    Só um vampiro teria este poder sobre mim,por tanto niguem. :happy::happy:

  2. Katia RaynierNo Gravatar disse:

    Ta pra nascer ainda tal senhor. :sleeping:

    ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

  3. Katia RaynierNo Gravatar disse:

    Acho que “O Dono” É so uma fantasia.

  4. AnaNo Gravatar disse:

    É mais eles acreditam nesta fantasia completamente. :wink:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: