Suicídio entre animais? Apenas o ser humano faz isso. Você sabia?

20 out 2010 | By

Pelo que se saiba não, pois até hoje nenhum etólogo (estudioso do comportamento animal) achou uma evidência de que os animais busquem intencionalmente pôr fim a seus dias. Segundo os especialistas, a própria evolução seleciona os seres que tenham mecanismos de sobrevivência, e não o contrário, de interrupção da vida. “O suicídio é uma prerrogativa humana, e não dá para ampliar para os demais animais”, diz o etólogo Gelson Genaro, do Centro Universitário Barão de Mauá, em Ribeirão Preto (SP). Casos famosos de “suicídio” entre os bichos, como os escorpiões que se matariam quando acuados num círculo de fogo, não passam de lendas. Mesmo situações em que o animal se deixa devorar pelos filhotes, para que eles não morram de fome, não são consideradas morte voluntária. “Oferecer o próprio corpo como alimento para a prole é um jeito de garantir a sobrevivência, não é suicídio”, afirma o etólogo César Ades, da Universidade de São Paulo (USP). Veja a seguir alguns comportamentos extremos dos bichos, que são facilmente confundidos com suicídio.

Parece, mas não é:

Alguns animais dão a impressão de tirar a própria vida, mas a explicação do “crime” é outra

EMPURRA-EMPURA FATAL
Vítima – Os lemingues são pequenos roedores herbívoros, com até 15 cm de comprimento, que vivem na Escandinávia e em áreas próximas ao Polo Norte, reproduzindo-se com facilidade
“Lenda mortis” – Quando a população aumenta muito, eles se suicidariam pulando de penhascos, num mecanismo de autorregulação
Laudo final – O que ocorre é que, nesses picos populacionais, ao se deslocarem desordenadamente em bandos, muitos indivíduos caem do precipício onde vivem, empurrados pelos que vêm atrás.

PICADINHO FRITO
Vítima – Escorpiões
“Lenda mortis” – Os escorpiões se matariam quando aprisionados em um círculo de fogo, lançando seu ferrão contra o próprio corpo
Laudo final – O fato é que, numa situação como essa, o bicho fica agitado por causa do calor e perde o controle da cauda, que pode se voltar sobre o próprio corpo.

Mas o que mata mesmo o animal é a desidratação provocada pela alta temperatura.

SEXO NADA SEGURO
Vítima – Louva-a-deus
“Lenda mortis – Os louva-a-deus machos seriam românticos inveterados, que fariam de tudo para garantir uma noitada de amor com a parceira, inclusive dar o próprio corpo para ser devorado por ela após o ato sexual
Laudo final – A morte não tem nada de romântica, muito menos de intencional. Bem menor do que a fêmea, o macho se aproxima cuidadosamente por trás na hora da cópula. Mas, quando a transa termina, ele tem que escapulir rapidamente, senão a fêmea devora seu corpo – ela faz isso para ficar bem alimentada, garantindo o desenvolvimento das crias que serão gestadas.

TRAGÉDIA TEATRAL
Vítima – Algumas espécies de aves
“Lenda mortis”
– Diante do ataque de um predador, algumas aves se arrastam no chão, simulando uma asa quebrada, como se fossem uma presa mais fácil. Durante a encenação, os filhotes têm tempo de escapar. Acontece que, muitas vezes, o predador acaba abocanhando o pássaro fingidor, o que revelaria um comportamento suicida
Laudo final – Para os especialistas, contudo, não se trata de suicídio, mas, assim como no caso das aranhas europeias, de um comportamento extremo visando a perpetuação da espécie.

SALTO MORTAL
Vítima – Bisões
“Lenda mortis”
– Um dos episódios mais marcantes de morte em massa de animais aconteceu nos EUA, por volta de 1870. Durante uma nevasca, cerca de 100 mil bisões despencaram para a morte de um penhasco de 1 000 m de altura. Para muitos, foi suicídio coletivo.
Laudo final – Até hoje os cientistas não conseguem explicar as causas do fenômeno, mas nenhum deles endossa a teoria suicida. O que se sabe é que, naquela época, havia uma política estatal de extermínio desses animais, pois, com isso, o governo americano enfraqueceria as comunidades indígenas que tinham nos bisões sua principal fonte de alimento.

DESORIENTAÇÃO ESPACIAL

Vítima – Baleias
“Lenda mortis” –
Vira e mexe, os jornais noticiam que dezenas de cetáceos encalharam em alguma praia do planeta, num movimento aparentemente intencional que revelaria um suicídio em massa
Laudo final – De acordo com os estudiosos, fatores como doenças, poluição do mar, ruído de atividades navais ou pesquisas para exploração de petróleo podem gerar uma confusão espacial nas baleias e interferir em sua comunicação, causando esses trágicos incidentes.

AMOR DE MÃE
Vítima – A aranha europeia (Stegodyphus lineatus), que é encontrada na costa mediterrânea da Europa e alimenta os filhotes regurgitando comida para eles
“Lenda mortis” – Caso a comida fique escassa, a mãe, num ato extremo, se mataria oferecendo o próprio corpo para ser devorado pelas crias
Laudo final – Segundo os cientistas, dar o próprio corpo como alimento – fenômeno conhecido como matrifagia – não é suicídio, mas um meio de garantir a perpetuação da espécie.

Fonte: Mundo Estranho

Edição: Rick Reymond

Equipe Black Angel

7 comentários em “Suicídio entre animais? Apenas o ser humano faz isso. Você sabia?

  1. Engraçado que eu ia colocar essa mesma foto( mulher de pernas abertas na linhda do trem) na postagem sobre ninfomania kkkkkkkkkkkkkkkkk e achei que seria forte demais a imagem kkkkk tá vendo como nos enganamos suahsuashausahsuahuhsushashusha….

  2. RickReymondNo Gravatar disse:

    haaaaa que é isso??
    Uma loirrrrrrrrraa se suicidando … kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Não! ela que sentir o ferro entrar corpo a dentro tchê kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk……..

  4. RickReymondNo Gravatar disse:

    Args mas bota vontade nisso, ja vi loira com T mas desse jeito tá danado.

    1. Ohhh essa dai vai estuprar a linha ferrea kkkkkkkkkkkkkkkkk… tadinho tenho pena do trem . desse jeito ai nem ele guenta tchê……

  5. Katia RaynierNo Gravatar disse:

    GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

    100 PALAVRAS

  6. RickReymondNo Gravatar disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    tem q ser loira né Katia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: