Conheça a Veneza Brasileira – Recife

01 out 2011 | By

Recife é um município brasileiro, capital do estado de Pernambuco. Localizado às margens do oceano Atlântico, o município possui uma área de 217,494 km² e uma população de 1.536.934 de pessoas. É a sede da área metropolitana que leva seu nome: a Região Metropolitana do Recife é a maior aglomeração urbana do Nordeste brasileiro e quinta maior do país, com 3,7 milhões de habitantes. Classificada pelo IBGE como uma metrópole nacional, o Grande Recife é a metrópole de maior densidade populacional do Nordeste brasileiro e terceira mais densamente habitada do país, superada apenas por São Paulo e Rio de Janeiro, além de ser a cidade nordestina com maior área de influência regional, possuindo a quarta maior rede urbana do Brasil em população. O Recife, das capitais estaduais atuais, é a mais antiga do Brasil.

O nome “Recife” provém da palavra arrecife, grande barreira rochosa de arenito (recifes) que se estende por toda a sua costa, formando piscinas naturais.

O município do Recife tem sua origem intimamente ligada à deOlinda. No foral (carta de direitos feudais) de Olinda, concedido por Duarte Coelho em 1537, há uma referência a “Arrecife dos navios”, um lugarejo habitado por mareantes e pescadores. O Recife permaneceu português até a independência do Brasil, com a exceção de umperíodo de ocupação holandesa entre 1630 e 1654.

A Geografia

A cidade do Recife está situada sobre uma planície aluvional (fluviomarinha), constituída por ilhas, penínsulas, alagados e manguezaisenvolvidos por 5 rios: Beberibe, Capibaribe, Tejipió e braços do Jaboatão e do Pirapama, conferindo-lhe características peculiares. Essa planície é circundada por colinas em arco que se estendem do norte ao sul, de Olinda até Prazeres (Jaboatão).

O Clima

O Recife tem um clima tropical, com alta umidade relativa do ar. Apresenta temperaturas equilibradas ao longo do ano devido à proximidade com o mar. Janeiro possui as temperaturas mais altas, sendo a máxima de 30 °C e a mínima de 25 °C, com muito sol. Julho possui as temperaturas mais baixas, sendo a máxima de 27 °C e a mínima de 20 °C, recebendo muita precipitação. A temperatura média anual é de 25,2 °C.

A vegetação

Parque Dois Irmãos

O Recife possui uma pequena área de Mata Atlântica no bairro de Dois Irmãos, onde se localiza o Parque Dois Irmãos, o maior parque do município. Além disso, várias áreas do município são de manguezal. As principais encontram-se próximas ao Rio Capibaribe, na zona sul e na fronteira com Olinda. Com 215 hectares de área, o Parque dos Manguezais, pertencente à Marinha do Brasil, está situado entre os bairros do Pina, Boa Viagem e Imbiribeira, na zona sul do Recife, e é banhado pelos rios Jordão e Pina. É um dos maiores manguezais urbanos do mundo, do qual fazem parte a Ilha de Deus, a Ilha de São Simão e a Ilha das Cabras.

A hidrografia

O Recife é conhecido como “Veneza Brasileira” graças à semelhança fluvial com a cidade europeia de Veneza. Cercado por rios e cortado por pontes, é cheio de ilhas e mangues. Ali acontece o encontro dos rios Beberibe e Capibaribe que deságuam no Oceano Atlântico. O município conta com dezenas de pontes, entre elas a mais antiga do Brasil, a ponte Maurício de Nassau.

A altitude média em relação ao nível do mar é de 4 metros, porém há algumas áreas do município que se localizam abaixo do nível do mar. O município se localiza na latitude de 8º 04′ 03”S e longitude de 34º 55′ 00”O.

Demografia

Segundo dados do Censo Brasileiro de 2010 do IBGE, o Recife possui 1.537.704 habitantes em uma área de 217,494 km², o que resulta em uma densidade demográfica de 7.180,23 hab./km². Em 2008, registrou-se um PIB nominal de R$ 22,5 bilhões, obtendo o segundo PIB per capita mais elevado entre as capitais do Nordeste, de R$ 14.485,67

  • Bairros mais populosos: Boa Viagem, Casa Amarela, Várzea
  • Composição etária da população (2000):
    • 0 a 14 anos: 26,16%
    • 15 a 64 anos: 67,33%
    • 64 anos e mais: 6,51%

Compõe a economia majoritariamente o comércio,prestação de serviços e o Turismo.

A Região Metropolitana do Recife é a mais populosa da Região Nordeste e a quinta maior do Brasil,[28] além de ser a terceira mais densamente habitada do país, superada apenas por São Paulo e Rio de Janeiro.

Crescimento anual e densidade

  • Taxa de crescimento geométrico anual: 1,09 (2000/2007)
  • Bairros com maiores taxa de crescimento geométrico anual (1991/2000): Sítio dos Pintos (9,92), Caçote (6,56) e Passarinho (6,47).
  • Bairros mais densos: Alto José do Pinho (299,57); Brasília Teimosa (292,78); Mangueira (290,05)

Grupos étnicos

A maioria dos brancos do município é de ascendência portuguesa e holandesa As pessoas pardas são uma mistura de europeu com onegro e índio, variando de claro a escuro, podendo ter uma pele amarelada ou marrom. As pessoas negras são de ascendência africana. Aqueles de origem asiática ou indígena são o menor grupo étnico do município

 Recife foi eleita por pesquisa encomendada pela MasterCard Worldwidecomo uma das 65 cidades com economia mais desenvolvida dos mercados emergentes no mundo.

Educação

Recife conta com importantes Universidades públicas e privadas, estando a UFPE entre as 10 melhores Universidades do Brasil e entre as 20 melhores universidades daAmérica Latina segundo o Webometrics Ranking of World Universities 2011, à frente de universidades conceituadas como aUniversidade de Concepción, a Universidade Federal Fluminense e a PUC-RS.

A Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco é a segunda melhor do Brasil, com aproveitamento de 81,3% no Exame de Ordem (2010.1).

Instituições de ensino superior

Saúde

O maior hospital público do município é o Hospital da Restauração. Outros hospitais importantes são: Hospital Ulysses Pernambucano, segundo hospital psiquiátrico do Brasil; Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco; e Hospital Universitário Oswaldo Cruz, sendo os dois últimos grandes hospitais universitários. O Recife tem um total de 8.875 leitos hospitalares, dos quais 6.037 disponíveis para pacientes do sistema único de saúde. Hospital da Restauração, maior emergência pública e mais complexo serviço de urgência e trauma do Norte-Nordeste recebendo pacientes de todo o estado e de estados vizinhos. O Hospital da Restauração, referência nas áreas de trauma, neurocirurgia, neurologia, cirurgia geral, clínica médica e ortopedia, possuem 482 leitos registrados no Ministério da Saúde (MS), mas, incluindo os extras, funciona com um total de 723 leitos para atender a demanda que lhe é submetida. Desde junho de 2010, a antiga Emergência Geral foi desmembrada em três emergências com entradas e espaços independentes: Emergência Pediátrica, Emergência Traumatológica e Emergência Clínica. Os hospitais particulares do Recife, equipados com máquinas de última geração, fazem da capital pernambucana o segundo maior polo médico e hospitalar do Brasil.

Em 2007, de acordo com a Prefeitura do Recife, a mortalidade infantil na capital pernambucana era de 13,0 p/mil.

Transportes – História

O Recife foi palco da inauguração do primeiro sistema urbano de transporte sobre trilhos, a chamada Maxambomba (do inglês machine pump). Antes, o sistema de transporte era atendido por canoas e, para os mais abastados, cavalos e carruagens. A viagem de Maxambomba era metade do preço da viagem de carruagem e, findavam às 21 horas. Fato este que determinou a mudança do fechamento das lojas para o mesmo horário (antes, fechavam às 18h). O itinerário da maxambomba chegou a ter 22 quilômetros de extensão e 20 estações, até que em 1919 foi substituída por bondes elétricos. Em 1960, os bondes foram substituídos por ônibus elétricos. Paralelamente, houve a implantação de transporte por Ônibus. As linhas de trem da Great Western, antecessora da Rede Ferroviária Federal, também faziam o transporte público urbano. Foram substituídas pelo Metrô do Recife.

Entre 1930 e 1938 o Recife foi uma das primeiras cidades nas Américas com conexão direita (non-stop) para a Europa, especialmente para a Alemanha, por meio de dirigíveis. Atualmente Recife tem a única estação de atracação de dirigíveis no mundo preservada em sua estrutura original, a Torre do Zeppelin

O Aeroporto Internacional dos Guararapes-Gilberto Freyre, com capacidade anual de 9 milhões de passageiros, conta com 64 balcões de check-in, 11 pontes de embarque, 2.120 vagas de estacionamento e área de compras e lazer com 165 pontos comerciais, seguindo o conceito de Aero Shopping. Segundo a Infraero, é o segundo aeroporto mais movimentado do Norte e Nordeste do país. Conta com um pátio capaz de receber até 26 aeronaves simultaneamente. Realizam vôos domésticos regulares para 19 capitais de estados brasileiros e mais oito grandes cidades brasileiras, além de vôos internacionais regulares para países da Europa, África e Américas.

O aeroporto foi citado pela Revista TAM entre os cinco melhores do mundo juntamente com os terminais de Madri (Barajas), Munique (Franz Josef Strauss), Cingapura (Changi) e Londres(Heathrow). Segundo a publicação, estes são aeroportos que fazem a viagem valer a pena antes mesmo do embarque.

Cultura

A mistura de ritmos e artistas pernambucanos na campanha de fim de ano no Shopping Center recife!

O Recife é berço de escritores, poetas, músicos e vários artistas de muitas formas de expressão. Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto e Carlos Pena Filho são nomes da poesia do Brasil que retrataram o Recife em suas obras. Além da poesia, surgiram no município nomes como Nélson Rodrigues e Gilberto Freyre na literatura, Lenine, Antônio Nóbrega, Robertinho do Recife e Reginaldo Rossi na música, Francisco Brennand, Vicente do Rego Monteiro e Lauro Villares nas artes plásticas, dentre outros.

O município abriga vários museus, centros culturais como, por exemplo, o Caixa Cultural, Centro Cultural dos Correios, CCBB e o Centro Cultural Banco Real e instituições voltadas para a promoção de ações artísticas e culturais tais como a centenária Academia Pernambucana de Letras, Academia de Artes e Letras de Pernambuco e o Instituto Ricardo Brennand, um dos mais importantes museus do Brasil, que abriga importante coleção de armaria, gravuras e outras obras de arte abrangendo o período entre a Idade Média e o fim das Invasões holandesas do Brasil. Destacam-se a maior Coleção de pinturas de Frans Post do mundo e as Armaduras Medievais.

Passistas de Frevo

As manifestações culturais mais relevantes de Pernambuco ocorrem na capital, ressaltando-se o Movimento de Escritores Independentes de Pernambuco, que na década de 1980 reuniu grande número de poetas; O Abril Pro Rock, que surge como revelador do Movimento Manguebit e revelador nacional de bandas como Nação Zumbi e Mundo Livre S/A.

O Frevo surgiu no município há mais de cem anos e durante o Carnaval do Recife é o ritmo musical mais comum com blocos como o Galo da Madrugada.

Entre os museus têm destaque o Museu do Estado de Pernambuco, que guarda

Museu do estado de Pernambuco

acervo histórico sobre o estado e a cidade, o Museu da Cidade do Recife, que, instalado no Forte das Cinco Pontas, conta boa parte da história do Recife, o museu do Memorial da Justiça, instalado na antiga estação de trem do Brum, o Museu do Homem do Nordeste (idealizado por Gilberto Freyre), e o Museu da Abolição, que foi criado em 1957 pelo governo federal para contar a história dos escravos no Brasil e a abolição.

O Teatro de Santa Isabel é o principal teatro do Recife, compondo importante conjunto arquitetônico e paisagístico na Praça da República com Palácio do Campo das Princesas,Palácio da Justiça e o Liceu de Pernambuco.

Esportes

O esporte mais popular do município é o futebol, tendo a cidade sido uma das 5 sedes da Copa do Mundo de 1950 onde ocorreu uma partida no Estádio da Ilha do Retiro entre Estados Unidos e Chile. O Campeonato Pernambucano de Futebol é disputado desde 1915, tendo como campeão sempre um time da capital. Os maiores campeões e os principais times do município são o Sport Club do Recife, o que mais títulos possui (39),sendo ainda, Campeão Brasileiro de 1987 e Campeão da Copa do Brasil 2008, o Santa Cruz Futebol Clube, com 25 títulos pernambucanos e um título intenacional que é o Fita Azul do Brasil, que é dado a times que vão ao exterior voltam invictos e o Clube Náutico Capibaribe o maior campeão em títulos consecutivos (Hexacampeão). O município foi a única subsede nordestina na Copa do Mundo de 1950,- jogo disputado no Estádio do Sport – e será uma das sedes da Copa do Mundo de 2014.

O Sport, em parceria com a Faculdade Maurício de Nassau, também participa de competições nacionais de voleibol e basquete.

Outro clube esportivo importante do município é o Clube Português.

Os três maiores times de Pernambuco possuem estádios próprios, localizados no Recife. O maior e mais recente estádio construído é o Estádio do Arruda, pertencente ao Santa Cruz. Podemos destacar também a Ilha do Retiro, pertencente ao Sport Club do Recife, e o Estádio dos Aflitos, que pertence ao Náutico.

Pontos Turísticos

O Recife atrai turistas de todo o mundo. Destacam-se entre os motivos desta atração as manifestações culturais como o Carnavale o São João. O Recife é o portão de entrada do litoral de Pernambuco de onde partem os turistas que chegam de avião.

Casa da Cultura - Recife

O Recife é um município multicultural, com músicas e danças de origem africana, indígena e brasileira em seu carnaval. O bairro do Recife é o principal conjunto arquitetônico e cultural do município, abrigando galerias, museus e outros espaços culturais. Outros bairros e áreas de interesse são Poço da Panela, Derby, Ponte d’Uchoa, Casa Forte, Santo Antônio, dentre outros.

A cidade abriga a maior agremiação carnavalesca do mundo – oGalo da Madrugada, no qual se estima que participem dois milhões de pessoas (mais que a população do município) vindas de todo o Brasil.

Num passeio de barco é possível conhecer o Parque das Esculturas de Francisco Brennand. Existe, também, o museu do Instituto Ricardo Brennand.

O litoral do município é completamente urbanizado, com as praias de Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa.

Gastronomia

O Recife tem o terceiro maior polo gastronômico do Brasil e a Rua da Hora, no Bairro do Espinheiro, vem se tornando um ótimo reduto dessa ótima fase da culinária recifense. Na cozinha pernambucana, existem elementos herdados dos povos africanos, indígenas e europeus. Existem vários pratos e petiscos típicos e muito apreciados em Pernambuco, como o caldinho de peixe ou camarão, o caranguejo (inteiro), o casquinho de caranguejo, sururu, arrumadinho, escondidinho, carne de sol, charque à brejeira, cozido, peixada pernambucana, caldeirada, bredo de coco, feijão de coco, quibebe, pirão de ovos, bolo pé-de-moleque, bolo de macaxeira, bolo-de-rolo e sarapatel.

Fonte: Wikipédia 

Antonella Barcelos

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

2 comentários em “Conheça a Veneza Brasileira – Recife

  1. RickReymondNo Gravatar disse:

    Nosssssa muito bonito oq aparece ai em videos !
    Parabens…

  2. AntonellaNo Gravatar disse:

    :P Obrigada Meu rei, realmente é muito lindo , porém tem muitas coisas que precisam ser melhoradas, em questão a saúde, educação e etc… :pouty:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: