Dejetos humanos viram combustivel.

04 set 2011 | By

O posto de combustível que você vê na foto , como está escrito na bomba, não enche os carros de gasolina, mas sim de hidrogênio. Isso já seria algo interessante, mas o mais surpreendente é que este hidrogênio vem do gás metano liberado pelos dejetos de uma estação de tratamento de águas residuais – a água que vai embora quando damos descarga.

Após usarmos o banheiro e darmos descarga, os dejetos vão para a estação de tratamento. Desta estação, o gás metano proveniente dos nossos vasos sanitários vai para uma usina, passa por um processo de purificação e transformado em hidrogênio, que por sua vez é encaminhado ao posto de combustível da empresa Air Products, que está por trás dessa empreitada.

Em um comunicado à imprensa, o professor Scott Samuelsen, diretor do Centro Nacional de Pesquisas com Células de Combustível, da Universidade da Califórnia, explicou o quanto essa experiência é importante: “Esse é o máximo da sustentabilidade que se pode chegar, pegar dejetos humanos e transformar em eletricidade que precisamos, combustíveis para transporte que precisamos, e o potencial térmico, que também pode servir para o processo de transformar resíduos em produtos”.

O posto da Air Products, que fica na cidade de Orange, na Califórnia, tem capacidade de abastecer 50 carros por dia. O grande problema é que a tecnologia de carros movidos a hidrogênio ainda está na fase experimental. São pouquíssimos os carros que utilizam a tecnologia fuel cell para serem movidos a hidrogênio. As coisas podem mudar em 2015, quando a General Motors pretende construir no Havaí uma grande infraestrutura para testar carros com combustível hidrogênio e com isso testar a viabilidade do projeto.

Revista Época

Mistério A+

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: