Jovem sul-africano inventa o banho sem água

24 ago 2012 | By

Tudo começou com um amigo que relutava em tomar banho frio no inverno. Não se tratava de birra de criança mimada, mas sim de dois jovens que moravam em uma comunidade rural no meio da África do Sul e tinham que conviver com as péssimas condições de saneamento básico do local. “E se alguém inventasse um jeito de tomar banho sem a gente ter que se molhar?”, o amigo perguntou. A sorte é que o interlocutor era Ludwick Marishane, o futuro inventor do Dry Bath, um gel que já está mudando o conceito de banho.

O produto é composto de biocida (conservante que combate a propagação de fungos e bactérias), flavonoides (substâncias anti-inflamatórias) e hidratante. Ao contrário daquele gel de limpar a mão, o Dry Bath não deixa um cheiro forte de álcool e sim um aroma agradável, que imita aquela sensação gostosa pós banho.

A invenção já está patenteada e até uma empresa foi criada para comercializá-la, a Head Boy . Um pacote como o da foto acima sai por 0,50 centavo de dólar para vilarejos e comunidades rurais, e 1,50 dólar para empresas. Além do óbvio propósito social da coisa ( a falta de higiene leva à uma série de doenças), outras finalidades já estão sendo levadas adiante, como o ramo hoteleiro, linhas aéreas e exércitos.

Ludwick está no último ano do curso de Administração da Universidade de Cape Town, na África do Sul. Em 2011 ele ganhou o prêmio da Global Student Entrepreneur Aw ards, como maior jovem empreendedor do planeta. No mesmo ano, o Google Zeitgeist Young Minds o escolheu como um dos 12 jovens com idéias mais inovadoras em prol de um mundo melhor. E mais limpo.

headboy

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: