Nokia merece esta Multa de R$6,5 milhões? Perdi meu amor na balada …

26 jul 2012 | By

De sua opinião

Muita gente assistiu à ‘bela história’ de Daniel, que se apaixonou perdidamente pela Fernanda, menina que ele encontrou na balada e nunca mais viu – ela havia dado a ele o número de seu telefone, mas ele, azarado, havia perdido. Muita gente acreditou nos três vídeos que ele postou no YouTube, pedindo ajuda à população para reencontrar seu amor – teve até quem mandasse pistas sobre o paradeiro de uma possível Fernanda. E muita gente ficou irritada ao saber que toda essa história não passava de uma jogada de marketing da Nokia para vender mais celulares.

Tanto que o Procon foi acionado. Como a propaganda não foi identificada desde o começo, em teoria os vídeos da série “Perdi meu amor na balada” ferem os direitos do consumidor. Afinal, qualquer ação publicitária tem que estar muito bem sinalizada, em qualquer meio (internet, televisão, jornal…). E, por isso, a Nokia pode pagar uma multa de R$6,5 milhões.

Enquanto isso, a fabricante de celulares afirma que não foi notificada nem pelo Procon e nem pelo Conar, órgão de autorregulação publicitária, e não se pronunciou sobre o assunto.

E você, acha que a campanha foi válida? Qual é sua opinião sobre o assunto? Conte pra gente se você acredita que foi ‘jogo sujo’ da Nokia ou se curtiu a abordagem diferente da empresa.

Não sabe do que estamos falando? Confira aqui o vídeo ‘Perdi meu amor na balada – o filme’:

Este

Publicado em 10/07/2012 por   :  Pessoal, gravei este vídeo porque preciso encontrar a Fernanda que conheci na casa 92 em Pinheiros no Sábado passado. Sei que parece loucura, mas me apaixonei e acabei perdendo o número dela. Se alguém esteve lá ou saiba de alguém que possa conhecer esta Fernanda, por favor, me avise! Obrigado!

Revista Galileu

Misterio A+

Muitos comentarios estao surgindo na internet, veja exemplos:

Olivia:
25 julho, 2012 as 21:07

É que nesses casos a criatividade ofende mesmo. Não os consumidores, mas os concorrentes. Daí arruma-se qualquer desculpa que for pra acionar procon, não é? Acontece o tempo todo no meio publicitário.

Rosangela:
25 julho, 2012 as 21:09

Achei a propaganda muito criativa. Tá na cara que era algo especial pela produção. Um vídeo caseiro não seria assim e no final foi identificada a empresa. não vejo nada de mais. Não teve grosseria e apologia a nada de errado.

dmextremme:
25 julho, 2012 as 21:17

Vou no procon reclamar da Nestle e da Estrela que me fizeram respectivamente acreditar no coelho da páscoa e no papai noel, estou traumatizado agora que descobri que eles não existem, isso é propaganda enganosa também.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: