Pílula contraceptiva masculina

19 ago 2012 | By

A nova técnica conta com o benefício de não conter hormônios

Cientistas podem ter encontrado uma nova forma de contraceptivo masculino, efetiva e reversiva – e que não é a camisinha.

A nova técnica baseia-se num composto recentemente descoberto que é capaz de atravessar o limite dos vasos sanguíneos e dos testículos. O produto químico é um inibidor que tem como alvo uma proteína ligada ao desenvolvimento do esperma.

Na fase de testes realizada com ratos, os espermatozóides foram produzidos em uma quantidade bem menor e os produzidos eram nadadores bem mais lentos.

Um dos grandes benefícios da técnica é que o componente não modifica os níveis de testosterona ou qualquer diminuição do desejo sexual. Outra vantagem é que não foram identificados efeitos colaterais.

Até agora os testes só foram realizados em ratos, mas os cientistas estão otimistas devido às similaridades das estruturas humanas com a da espécie testada.

Revista Galileu

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: