Cientistas transformam água em combustível

15 ago 2013 | By

Cientistas usam luz solar para separar hidrogênio da água; sistema tem espelhos para concentrar a luz solar em um ponto específico

Usando luz solar, uma equipe de cientistas da Universidade do Colorado desenvolveu um processo que separa as moléculas que compõem a água, o que pode ser o primeiro passo para o uso de hidrogênio como combustível 0,,69829255,00limpo. Um estudo publicado na última semana na revista Science mostra como os cientistas chegaram a esse resultado.

O sistema desenvolvido pelos cientistas usa espelhos para concentrar a luz solar em um ponto específico, até que se atinja uma temperatura concentrada de 1.350 ºC. Então, o calor é direcionado a um reator cheio de substâncias conhecidas como óxidos metálicos, uma combinação de ferro, cobalto, alumínio e oxigênio. Quando aquecidos, esses óxidos liberam átomos de oxigênio, o que muda a composição química das substâncias e transforma-as em um composto que atrai outros átomos de oxigênio. De acordo com os cientistas, bastaria adicionar vapor à essa mistura para fazer com que o oxigênio das moléculas de água aderissem à superfície dos óxidos metálicos, liberando o hidrogênio para ser coletado e usado em forma de gás.

Outras linhas de pesquisa chegaram a desenvolver métodos de separar o oxigênio e o hidrogênio da água, mas a vantagem do processo desenvolvido pela equipe da Universidade do Colorado é que as duas reações químicas envolvidas nele podem acontecer na mesma temperatura. Por isso, técnicas anteriores encontravam problema na hora em que precisavam aquecer o sistema e torná-lo frio de uma hora pra outra. No caso dese novo método, basta ligar uma válvula de vapor para que a separação necessária aconteça.

Apesar da descoberta, ainda estamos longe de comercializar o hidrogênio como combustível. O motivo, como sempre, é econômico, e curiosamente o Brasil tem um papel importante nisso: o preço do gás natural é incrivelmente acessível, o que inviabiliza comercialmente o uso de uma energia limpa como o hidrogênio, já que a tecnologia para produzi-lo encareceria o produto final. “Seria preciso criar uma multa alta para emissões de carbono, ou o preço dos combustíveis fósseis precisaria aumentar muito”, disse Alan Weimer, o líder do grupo de pesquisa.

Revista Galileu

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: