Criptonita na Terra

21 dez 2013 | By

Criptonita é descoberta na Terra
Cientistas descobriram um mineral que até agora só existia nas histórias do Super-Homem. A fórmula da criptonita (ou kriptonita, como preferem alguns) – o mineral extraterreste que é a única forma de se destruir o homem de aço – foi detalhadamente descrita no filme O Retorno do Super-Homem.

Mas, ao contrário do que seria de se esperar, o novo mineral não foi encontrado em um meteorito ou algo do tipo. Ele foi localizado em uma mina na Sérvia e é branco, tem a textura de um pó e não possui qualquer tipo de radioatividade. No filme, a criptonita é verde e sólida.

Fórmula química da criptonita
Até agora desconhecido, o novo mineral foi estudado pelo Dr. Chris Stanley, do Museu de História Natural da Inglaterra. “No final da minha pesquisa, fiz uma busca na web utilizando a fórmula química do mineral – hidróxido silicato de sódio e lítio – e fiquei maravilhado ao descobrir o mesmo nome científico escrito em uma caixa de pedras de criptonita roubadas por Lex Lutor de um museu no filme O Retorno do Super-Homem.”

A criptonita terrestre não oferece nenhum risco, nem para super-heróis e nem para os seres humanos comuns, e ainda poderá ser utilizada como uma fonte de lítio – um metal importantíssimo economicamente, utilizado na fabricação de pilhas, baterias, fuselagens de aviões e medicamentos.

Jadarita, a criptonita terrestre

Mas poderiam ter sido um pouco menos conservadores, principalmente porque acaba de nascer uma variação da bem conhecida expressão de que a vida imita a arte – a natureza agora também parece imitar a arte.

E vai forçar todo mundo a dar um sobrenome ao novo mineral. Afinal, daqui a pouco, quem irá se lembrar do nome jadarita? Mas todos se lembrarão se falarmos da jadarita, a criptonita terrestre.

Fórmula

Pesquisadores do grupo de mineração Rio Tinto descobriram o minério incomum e pediram a ajuda de Stanley quando não conseguiam identificá-lo ao comparar com os materiais conhecidos.

Assim que conseguiu descobrir sua composição, o especialista de Londres ficou chocado ao descobrir que a sua fórmula já constava na literatura – embora a de ficção.

“Na etapa final da minha pesquisa, eu procurei na internet usando a fórmula química do minério e fiquei surpreso ao descobrir que o mesmo nome científico, escrito em uma caixa com uma pedra contendo kriptonita roubada pelo (vilão) Lex Luther de um museu em Superman – O Retorno .”

No rótulo está escrito hidróxido de silicato de sódio lítio boro com flúor. “O novo minério não contém flúor (ao contrário do filme) e é branco ao invés de verde mas, em outros aspectos, a química é semelhante à da rocha que contém criptonita.”

O minério é relativamente duro mas tem uma granulação muito fina. Cada cristal individual tem menos de cinco micras de diâmetro (1 micra equivale à milésima parte do milímetro).

Propriedades

Para identificar a estrutura atômica do minério, foram usadas as sofisticadas instalações de análise do Conselho Nacional de Pesquisa do Canadá e a assistência dos pesquisadores Pamela Whitfield e Yvon Le Page.

“Ao conhecer a estrutura do cristal, os cientistas podem calcular outras propriedades físicas do material, tais como sua elasticidade e propriedades térmicas”, explicou Le Page.

“Poder analisar todas as propriedades de um mineral, tanto químicas quanto físicas, abre a porta para confirmar que ele é realmente único.” Descobrir que a composição química de um material foi uma cópia exata de uma fórmula inventada para a kriptonita, que é inventada, “foi uma coincidência de uma vez na vida”, acrescentou.

O minério não pode ser chamado de kriptonita pelas regras internacionais de nomenclatura porque não tem nada a ver com crípton ou criptônio – um elemento de verdade da Tabela Periódica que tem a forma de gás.

Curiosidades

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: