Pai contrata assassino virtual para perseguir seu filho em game online

05 jan 2013 | By

 

A estratégia deveria fazer o rapaz sair do computador e buscar um emprego

O que você faria se seu filho ficasse horas a fio em um game online em vez de buscar um emprego? O pai de Xiao Feng, o gamer em questão, estava nessa situação quando resolveu tomar medidas drásticas. Ele contratou um assassino.

Mas, calma, não é um assassino de verdade e sim um matador profissional virtual. Basicamente, o sujeito tinha um personagem de um nível absurdo no jogo e, depois de ser pago pelo senhor Feng, passou a perseguir o rapaz no próprio mundo virtual e impedir que ele jogasse. Toda vez que o  chinês de 23 anos entrava em seu game preferido, o assassino o atacava incessantemente. A ideia era fazer Xiao ficar irritado e estimulá-lo a largar o jogo e buscar um emprego.

A história não acabou do jeito que o pai de Xiao esperava. Depois de vários ataques, o assassino acabou confessando o plano todo. E o gamer? Ele declara que ‘só vai trabalhar quando achar o emprego perfeito para ele’.

0,,69805370,00

 

Revista Galileu

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: