Descobrindo e tratando os problemas da Adenóide

05 abr 2017 | By


Todo mundo fica com dor de garganta de vez em quando, e às vezes as amígdalas podem estar infectadas. No entanto, as tonsilas não são apenas as glândulas vulneráveis em sua boca. Adenoides, também podem ser chamadas popularmente de “Carne Esponjosa no Nariz“, localizadas no alto da boca, por trás do nariz e céu da boca, também podem ser infectadas. Adenoides aumentadas e inflamadas, são chamadas de adenoidites, podem ser dolorosas e dificultar a respiração.

Muitas vezes você deve se perguntar: o que é Adenoide?

  adenoide-cirurgia-de-adenoideAdenoides (Carne Esponjosa no Nariz) é uma massa de tecido que, juntamente com as amígdalas, podem ajudar a mantê-la saudável prendendo germes nocivos que passam através do nariz ou boca. Suas adenoides também produzem anticorpos para ajudar o seu organismo a combater infecções. Ao contrário das amígdalas, que pode ser facilmente observadas através da abertura de sua boca, você não consegue ver as adenoides. Um médico tem que usar um pequeno espelho, ou um instrumento com uma luz para verificar as adenoides. Às vezes os raios X podem ser usados para ver mais claramente as adenoides.
Enquanto as adenoides desempenham um papel importante em manter uma pessoa saudável, à medida que envelhecem, adenoides tornam-se menos importantes, porque seu corpo é capaz de combater a infecção de outras maneiras sem ser através das adenoides. Na verdade, as adenoides, muitas vezes ficam menores em torno da idade de 5 ou 6 anos e praticamente desaparecem até a adolescência.
Apesar das Adenoides ajudar a filtrar os germes de seu corpo, às vezes as Adenoides podem ficar sobrecarregadas por bactérias e tornam-se infectadas. Quando isso acontece as adenoides também podem ficar inflamadas e inchadas. Esta condição é chamada adenoidite.
Outros problemas de adenoide são a adenoidite, uma infecção viral ou bacteriana da região, e a adenoidite de repetição, que é quando ela ocorre diversas vezes. Além destes, é estudada a possibilidade da adenoide atuar também como foco de cultura de bactéria para os seios da face, o que poderia estar relacionado, entre outros problemas à sinusite de repetição.
Como a adenoide já regrediu quase completamente durante a adolescência, é muito raro que adultos tenham problemas relacionados a ela. Quando isso acontece, é um sinal de alerta para investigar outras condições de saúde, como infecção por HIV e diversos tipos de câncer.

Causas

Os fatores que provocam o desenvolvimento dos problemas de adenoide, ou seja, as suas causas, ainda não são inteiramente conhecidos.
Sobre a hipertrofia da adenoide, o que se sabe é que é uma característica da própria criança, então algumas terão um crescimento normal e em outras ele será aumentado. Isso independe, inclusive, se a criança tem rinite, asma, dermatite atópica ou outros sintomas alérgicos e/ou respiratórios.
A hipertrofia em adultos normalmente está relacionada a outros problemas de saúde, como infecção pelo vírus HIV, linfoma de Hodgkin e linfoma não-Hodgkin, doenças granulomatosas (granulomatose de Wegener), carcinoma de nasofaringe e tumores na região. Também há estudos que relacionam o uso da maconha ou derivados dela com o aumento da adenoide em adultos.
A causa mais comum da adenoidite é uma infecção viral, mas algumas crianças têm mais predisposição a ter o tipo bacteriano e de repetição. A adenoidite está relacionada com rinites, sinusites e até otites, por causa da sua localização entre o nariz e a garganta, que também tem ligação com os ouvidos.

Fatores de risco
Apesar de existirem indícios que os problemas de adenoide possam ter algum componente genético, ou seja, que filhos de pessoas com problemas de adenoide poderiam ter mais probabilidade de desenvolver o problema, não há nada que efetivamente comprove este maior risco.
A inflamação das Adenoides (Adenoidite) pode ocorrer em crianças e adultos: adenoide infantil e adenoides em adultos

Sintomas da inflamação das Adenoides podem variar dependendo das causas que pode-se incluir:

Garganta inflamada
Nariz entupido
Glândulas inchadas no pescoço
Dor de ouvido e outros problemas relacionados ao ouvido

Quando o nariz está congestionado, respirar através dele pode ser um desafio. Outros sintomas da adenoidite relacionados com a congestão nasal incluem:

Respiração pela boca
Falar com um som nasal, como se estivesse falando com um nariz comprimido
Dificuldade em dormir
Ronco ou apnéia do sono (uma condição em que você parar de respirar por um curto período de tempo durante o sono)
Tratamento da Adenoidite (Inflamação da Adenoide)
Dentre as opções utilizadas para o tratamento, que varia a cada caso estão:
Uso de soro fisiológico para a limpeza e/ou de solução com corticoide
Uso de antibióticos
Uso de medicamentos lisados bacterianos
Retirada do leite de vaca da alimentação, pois ele poderia favorecer a produção de muco
Controle de fatores que podem desencadear alergias, como ácaro, umidade, contato com pelos de animais de estimação etc.
Em casos mais extremos, pode ser recomendada a cirurgia de retirada das adenoides (adenoidectomia), com o objetivo de mandar uma amostra do tecido para o exame de cultura. No exame seria identificada a necessidade do uso de um antibiótico mais específico para resolver o problema.

Adenoidite é tratada com antibióticos. No entanto, se seu filho tem infecções freqüentes, incluindo ouvido e sinusite, se os antibióticos não ajudam, ou se seu filho tem problemas respiratórios em curso, a cirurgia de adenoide pode ser necessária para remover as adenoides. Este procedimento é chamado de adenoidectomia.
O médico pode também recomendar remover as amígdalas. Cirurgia para remover as amígdalas é chamada de amigdalectomia.
Juntos, você e médico do seu filho podem discutir os prós e contras da cirurgia e determinar se é necessário a cirurgia da adenoide.

Buscando ajuda médica
Quando a criança apresenta febre, ronco, dificuldade para respirar ou mais sintomas, é hora de buscar ajuda de um pediatra. Quando este quadro já se repetiu algumas vezes, o pediatra pode encaminhar o caso para um otorrinolaringologista, que irá investigar os sintomas e se tiver algum problema de adenoide, prescrever o tratamento.

Na consulta médica
Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar tempo. Dessa forma, você já pode chegar ao consultório com algumas informações:
Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:
Quantas vezes a criança já apresentou estes sintomas? Como foi feito o tratamento?
Quando foi a última vez que apresentou estes sintomas?
Como está o rendimento da criança na escola?
Ela está mais irritadiça ultimamente?
Ela costuma respirar de boca aberta durante o sono?
Ela ronca?

Também é importante levar suas dúvidas para o consultório por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Veja algumas dicas de perguntas que você poderá fazer ao médico:
Quais exames serão necessários para realizar o diagnóstico?
Quais os tratamentos disponíveis?
Qual o tempo de recuperação?
Posso fazer algo em casa para minimizar os sintomas?

Cirurgia de Adenoide (Adenoidectomia)

Uma adenoidectomia é realizada por um médico especialista em cirurgia de ouvido, nariz e garganta. Ela ocorre em um hospital ou centro cirúrgico ambulatorial sob anestesia geral. As amígdalas e/ou as adenoides podem ser removidas através da boca por isso não são feitas incisões adicionais, exceto para onde os tecidos são removidos.
A maioria dos pacientes podem ir para casa após o procedimento da cirurgia de adenoide, mas, você deve esperar para estar no centro cirúrgico por cerca de quatro ou cinco horas após a cirurgia, para ser cuidadosamente monitorado. O seu médico pode lhe dar instruções mais específicas sobre o que esperar com base nas necessidades particulares da saúde do paciente.

Recuperação da Cirurgia de Adenoide (Adenoidectomia)
Após a cirurgia de adenoide, o paciente pode sentir náuseas até a anestesia passar por completo. Na semana seguinte à cirurgia de adenoide, o paciente pode experimentar o seguinte:

Dor de Garganta: a garganta pode inflamar por sete a dez dias após a cirurgia da adenoide e comer pode ser desconfortável.
Febre: Seu filho pode ter uma febre baixa por vários dias após a cirurgia de adenoide. Procurar atendimento médico se a febre é acompanhada de outros sintomas como letargia, náuseas, vômitos, dor de cabeça, ou torcicolo.
Respiração bucal: respirar pela boca e ronco pode ocorrer após a cirurgia de adenoide, devido ao inchaço na garganta. Respiração deve voltar ao normal uma vez que o inchaço passe, geralmente 10 a 14 dias após a cirurgia de adenoide. Procurar assistência médica se houver dificuldade em respirar.
Dor: dores na garganta e dor de ouvido é normal durante algumas semanas após a cirurgia de adenoide. O médico deve prescrever medicação para ajudar a controlar a dor.

Aqui estão algumas dicas para facilitar a recuperação da Cirurgia de Adenoide (adenoidectomia):

Alimente-se com alimentos macios, como ovos mexidos, sopa e picolés. No entanto, não deixe seu filho comer ou beber produtos lácteos nas primeiras 24 horas após a cirurgia de adenoide. Depois disso, sorvetes, pudim, iogurte podem ser consumidos.
Certifique-se de tomar líquido para evitar desidratação.
Descansar o máximo possível para os primeiros dias após a cirurgia da adenoide. Seu filho deve ser capaz de voltar à escola uma vez que ele ou ela pode comer alimentos normais, novamente, não está mais na medicação para a dor, e é capaz de dormir profundamente durante a noite.
Não viajar por duas semanas após a cirurgia da adenoide.
Adenoidectomía

A Cirurgia da Adenoide nunca deve ser decidida sem pensar sobre o assunto. Certifique-se que todas as suas dúvidas respondidas antes de tomar uma decisão e, se você tem alguma dúvida, procure uma segunda opinião de outro médico qualificado.
Não existe uma forma comprovada que prevenir efetivamente os problemas de adenoide, uma vez que a sua causa não é completamente entendida. Contudo, manter a carteira de vacinação da criança em dia, ter bons hábitos de higiene e lavar o nariz com soro fisiológico duas vezes ao dia, pode auxiliar na boa saúde da criança no geral.
Além disso, ficar atento aos pequenos sintomas como não comer direito, respirar pela boca e ter mau hálito, pode ajudar a diagnosticar o problema o quanto antes e prevenir complicações relacionadas aos problemas de adenoide.

Índice de Saúde

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: