Gótico (estilo de vida)

12 jun 2010 | 2 comentários | By

A cultura gótica (chamada de Dark no início dos anos oitenta apenas no Brasil) é uma cultura contemporânea presente em muitos países. Teve início no Reino Unido durante o final da década de 1970 e início da década de 1980, derivado também do gênero pós-punk. A cultura gótica abrange um estilo de vida, estando a ela associados, principalmente, gostos musicais dos anos 80 até o presente (darkwave/gothic rock, ebm, industrial, etc.), estética (visual, “moda”, vestuário, etc) com maquilagem e penteados alternativos (cabelos coloridos, desfiados, desarrumados) e uma certa “bagagem” filosófica e literária. A música se volta para temas que glamorizam a decadência, o niilismo, o hedonismo e o lado sombrio. A estética sombria traduz-se em vários estilos de vestuário, desde death rock, punk, renascentista  e vitoriano, ou combinações dos anteriores,essencialmente baseados no negro, muitas vezes com adições coloridas e cheias de acessórios baseadas em filmes futuristas no caso dos cyber goths.

Movimento cultural

Foi taxada como “movimento cultural” devido ao princípio de que tal visão e comportamento são um protesto acerca da ambientação dada na época em que se iniciou, isto é, uma alienação que afirmava uma evolução e liberdade que, em verdade, eram insuficientes (ou até inverossímeis), e contra a qual a descrença deveria ser usada como denúncia. Apesar de simplista, esta explicação define o pensamento ideal da maioria dos que afirmam pertencer a este grupo. De qualquer modo, o mundo não parece ter mudado muito, e a subcultura continuou a evoluir cada vez mais podendo basear-se ainda nesse formato.

(mais…)

Within Temptation – Are You The One

12 jun 2010 | Comente | By

Tema do Kill (Sangre)

12 jun 2010 | Comente | By

Tema muito show de nossa HUD de Guerra Sangre no SL

Quando matamos vampiros de clãs opostas as nossas, toca esse Rock!

A tradução segue logo abaixo:

Bodies (tradução) / Corpos

Deixe os corpos baterem no chão
Deixe os corpos baterem no chão
Deixe os corpos baterem no chão
Deixe os corpos batidos no..

CHÃOOOOOOOOOOO

Batido, por que para
Não possa levar muito mais

Aqui vamos nós
Aqui vamos nós
Aqui vamos nós

Agora

Um! Nada de errado comigo
Dois! Nada de errado comigo
Três! Nada de errado comigo
Quatro! Nada de Errado comigo

Um! Alguma coisa tem de sair
Dois! Alguma coisa tem de sair
Três! Alguma coisa tem de sair
AGOOOOOOORAAAAAAAAAA

(mais…)

Quem sou??

11 jun 2010 | 10 comentários | By

Sou fascinada por uma espécie de vontade mórbida, rapidamente transformada em obsessão. Cultivo desejos dos mais perturbadores, tais como os de VIad Drakul empalando os seus prisioneiros e fazendo-se servir de faustosas refeições, entre cadáveres suspensos, lanças e piques.
Vivo febril e loucamente a sexualidade e a morte. O leito nupcial torna-se fúnebre pelas maldições e juramentos terríveis nele feitos.
Sou aquilo que você não quer, mas que não conseguirá evitar!!!

Um sonho, um Desejo e uma vida eterna ao lado deste Grande guerreiro e Amor Eterno. Espero poder de alguma forma ajudar e matar um pouco da curiosidade de todos, a  respeito desse mundo fascinante dos vampiros. Até a próxima postagem ? =))…

Um vídeo para mostrar como me vejo junto ao meu rei, tenho meu lado sangrento, porem como toda rainha um lado fiel, dedicado e apaixonado cúmplice na verdade pelo seu rei.

Quem Sou Eu???

11 jun 2010 | 3 comentários | By

Sou um Vampiro, participante de um Jogo Internacionalmente conhecido como Second Life, sou Rei de minha Clã de vampiros, intitulada BLACK ANGEL. Estou aqui  me  apresentado, um vampiro apaixonado, que escolheu o ser para não perder a volta de sua amada.

Obs: Estarei aqui sempre com meu avatar SL, nao existe RL nesse mundo vampírico.

Meu nome é RickReymond Limondi estou nesse blog para apresentar a vocês os meus vídeos, histórias de 300 anos que tenho vivido, matando, morrendo e renascendo, amando e sonhando, tenho uma paixão misteriosa, um amor e a esse amor dedico os meus atos.

Aqui nesse vídeo está um pouco de minha história, apenas uso um nome diferente nessa vida que estou hoje.

Trarei a vocês muitas histórias, poemas, e vídeos!

Meus seguidores e colaboradores estarão aqui também mostrando tudo de mais exótico existente nesse mundo obscuro que nos envolve.

Se você deseja se entregar a esse mundo cheio de surpresas, deixe seu recado aqui, estarei atento e entrarei em contato com você.

Aqui estou eu e minha paixão Second Life

   

Me apresentando

11 jun 2010 | 7 comentários | By

Olá a todos, meu nick aqui é Elvira a Rainha das Trevas, e estarei presente por aqui sempre que possível, postando, melhorando o design do blog e ajudando no SEO. :D

Não sei se minha colaboração nas postagens será útil quanto ao assunto, pois tenho vontade de postar coisas “nada a ver” rsrsrs

Mas espero que gostem!

Caso queiram ver o filme completo, siga a postagem:

Elvira a Rainha das Trevas

Pra vocês, sonhos terríveis! ;)

Introdução ao mundo “Vampírico”

11 jun 2010 | 2 comentários | By

As lendas e mitos que giram em torno da figura dos vampiros, aparecem de forma independente e insuspeita no imaginário de diversos povos.

Talvez sua origem seja baseada em um antigo mito de que através do beijo seria possível apoderar-se da vida e da alma de outra pessoa; a exemplo de muitos povos africanos que acreditavam que o beijo era algo diabólico e que a pessoa beijada poderia ter sua alma absorvida se permitisse ser beijada.

Entre os antigos astecas havia essa mesma alusão ao beijo, entretanto o mesmo não era considerado demoníaco, e sim uma forma de canibalização que simbolizava a oferta ritual da pessoa a ser sacrificada aos deuses.

O sangue também tem um forte valor simbólico em diversas culturas: significa vida, paixão, poder, força, e também carrega consigo uma série de tabus e interditos. É difícil afirmar quando surgiram as primeiras histórias, pois aparecem referências desde a Grécia antiga.

Assim presente no folclore de muitas culturas, o vampiro ganhou vida eterna através da literatura a partir do início do século XIX.

Autores como Hoffman e Gogol também contribuíram com o mito. Drácula, de Bram Stoker, que foi editado em 1897 e, desde então, jamais deixou de ser publicado.

1 462 463 464 465