Parte 9 – Vampire Secret (Final)

12 jun 2010 | Comente | By †Antonella Barcelos†

Algo muito além de nossa vidas ordinárias, profundamente apavorantes e misteriosamente atraentes…

Aqui uma história encontrada no youtube e disponibilizada a todos que desejam entender um pouco do nosso Mundo Negro, muito atraente.

Venha conhecer e se apaixonar pela vida, sensualidade e liberdade dessas criaturas da noite…

Parte 7 Morta Viva

12 jun 2010 | 1 comentário | By †Antonella Barcelos†

Alguém que esta morto e volta a vida?

Sexo com mortos vivos? O que pensar…

*** Confira aqui a continuação: ***

Parte 8 Liberdade de Expressão

Parte 6 Sensualidade Vampiresca

12 jun 2010 | 1 comentário | By †Antonella Barcelos†

A história do amante, demônio, romântico, sensual e sedutor.

Porém pode ser mortal…

*** Confira aqui a continuação: ***

Parte 7 Morta Viva

Parte 5 do Vampire Secret

12 jun 2010 | Comente | By †Antonella Barcelos†

Corpo preservado por um século. O que acontece?

*** Confira aqui a continuação: ***

Parte 6 Sensualidade Vampiresca

Vampire Secret

12 jun 2010 | Comente | By †Antonella Barcelos†

Será que VAMPIROS existem? Criaturas da Escuridão, mitos ou verdades?

O retorno dos mortos ao mundo dos vivos… Sede de sangue e almas…

Conheça mais sobre esse fascinante e temido mundo, numa série de 9 capítulos.

Embarque nessa vampiresca viagem e saiba mais sobre os nossos SEGREDOS.

*** Confira aqui a continuação: ***

Parte 2 do Vampire Secret

Monólogo de um Vampiro Psíquico

12 jun 2010 | 2 comentários | By RickReymond

Monólogo de um vampiro psíquico:

“Sou o Espírito da treva, a Noite me traz e leva; moro à beira irreal da Vida…”.

Eu sou o mais tenebroso de todos os Vampiros.

Não sinto gozo somente perfurando sensíveis membranas de jugulares virginais para sentir o sabor de hemoglobina. Embora algum débil tenha afirmado que “a alma da carne esteja no sangue”, e que sangue é vida, no meu entendimento psicossomático, vejo a manifestação da alma na mente, e ela é minha!

Não preciso sujar minhas presas, nem beber sangue, para sugar a seiva anímica de alguém.

Para manter a minha eternidade, eu sugo almas, esta é uma forma mais refinada de alimentação.

Meu prazer consiste em devorar os centros; intelectual, motor, instintivo, emocional e sexual de cada ser humano. Invado as profundezas de cada vítima, em busca da pedra oculta.

Ao drenar estes centros, tenho o poder de criar ilusões, manipular, ler pensamentos…
(mais…)

Gótico (estilo de vida)

12 jun 2010 | 2 comentários | By RickReymond

A cultura gótica (chamada de Dark no início dos anos oitenta apenas no Brasil) é uma cultura contemporânea presente em muitos países. Teve início no Reino Unido durante o final da década de 1970 e início da década de 1980, derivado também do gênero pós-punk. A cultura gótica abrange um estilo de vida, estando a ela associados, principalmente, gostos musicais dos anos 80 até o presente (darkwave/gothic rock, ebm, industrial, etc.), estética (visual, “moda”, vestuário, etc) com maquilagem e penteados alternativos (cabelos coloridos, desfiados, desarrumados) e uma certa “bagagem” filosófica e literária. A música se volta para temas que glamorizam a decadência, o niilismo, o hedonismo e o lado sombrio. A estética sombria traduz-se em vários estilos de vestuário, desde death rock, punk, renascentista  e vitoriano, ou combinações dos anteriores,essencialmente baseados no negro, muitas vezes com adições coloridas e cheias de acessórios baseadas em filmes futuristas no caso dos cyber goths.

Movimento cultural

Foi taxada como “movimento cultural” devido ao princípio de que tal visão e comportamento são um protesto acerca da ambientação dada na época em que se iniciou, isto é, uma alienação que afirmava uma evolução e liberdade que, em verdade, eram insuficientes (ou até inverossímeis), e contra a qual a descrença deveria ser usada como denúncia. Apesar de simplista, esta explicação define o pensamento ideal da maioria dos que afirmam pertencer a este grupo. De qualquer modo, o mundo não parece ter mudado muito, e a subcultura continuou a evoluir cada vez mais podendo basear-se ainda nesse formato.

(mais…)

1 464 465 466 467